POUL KJAERHOLM
POUL KJAERHOLM

Projetou mobiliários modernos funcionais que foram elogiados por suas linhas limpas, suaves e elegantes. Estudou na Escola de Artes e Ofícios, em Copenhaga, onde lecionaria mais tarde, de 1952-56. Foi consultor e professor do Departamento de móveis e projetos de interiores na Academy of Art de 1957-76.

Embora fosse, originalmente, um marceneiro, foi um propulsor da produção industrial, e se diferenciou, assim, de seus contemporâneos dinamarqueses, por causa do uso excessivo do aço ao invés da madeira tradicional, embora, muitos de seus projetos de assentos fossem em materiais naturais como a lona, o couro e a corda. Sempre foi inspirado pelo projeto de Bauhaus e evoluiu, mais tarde, no “PK popular 22”.

Durante todo os anos 50, projetou diversas outras versões, até que em couro, obteve a elegância que lhe deu renome internacional. É conhecido também pela PK 41 Uma de suas últimas obras foi, em 1976, a “cadeira de Louisiana” para o Museu de Louisiana de Arte Moderna, perto de Copenhagen.

Trabalhou, principalmente, para a Fritz Hansen e a E. Kold Christensen Ltd. Ao contrário de muitos outros designers dinamarqueses do período, seu trabalho apareceu muito pouco nas exposições de Copenhagen porque estava trabalhando com materiais mais novos e não com madeira. Embora mantivesse um relacionamento próximo com madeiras naturais e processos tradicionais, seu trabalho foi engrenado mais para a produção maciça e o movimento moderno. Recebeu o prêmio de Lunning em 1958 e trabalhou como designer de exposições na Dinamarca e no exterior.


    Compartilhe: